MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
15/03/2013
REVIEW - LIVRO: AS CRÔNICAS DE GELO E FOGO - LIVRO UM - A GUERRA DOS TRONOS
 
 
As Crônicas de Gelo e Fogo - Livro Um: A Guerra dos Tronos
 
 
 
 
 
 
 
 

A carreira de George R.R. Martin é lendária, com livros dos mais diversos gêneros. Contudo, seu nome só passou a ser realmente conhecido no Brasil depois que sua série As Crônicas de Gelo e Fogo foi adaptada com muito sucesso para a televisão pela HBO, na forma da série Game of Thrones.

A Leya aproveitou o bom momento e trouxe ao Brasil os livros da saga, para a alegria de todos que gostam de uma boa história. E coloca boa nisso. O Livro Um, chamado A Guerra dos Tronos, é gigantesco, com quase 600 páginas, mas em nenhum momento nos cansa, pelo contrário, todos os personagens e situações prendem nossa atenção.

Uma fantasia medieval das mais bem construídas, a trama começa com diversos núcleos de personagens, a maioria cobiçando o trono de Westeros, no qual senta o Rei Robert Baratheon. Anteriormente um grande guerreiro, o rei se degradou, engordando e se interessando mais por mulheres e bebidas do que pelo seu reino. Desleixado, Robert deixou o controle lhe escapar, cofiando demais em seu Pequeno Conselho e na Casa Lennister, a família de sua esposa, Cersei.

Mas Robert não é totalmente cego para o que acontece à sua volta. Percebendo as inúmeras ameaças, ele decide pedir o auxilio de um velho amigo que considera como um irmão, Eddard “Ned” Stark, o senhor de Winterfell, o mais importante ponto do Norte.

Mesmo que relutantemente, Ned aceita a convocação do amigo Robert, se tornando seu braço direito no papel da Mão do Rei. O que Ned não esperava é que essa decisão começasse a desmantelar sua família, espalhando seus filhos pelo mundo. E o desmantelamento não acaba por aí. Ao começar a investigar as ameaças a Robert, Ned se depara com segredos que podem dividir o próprio reino.

Cheio de intriga política e personagens memoráveis, A Guerra dos Tronos nunca perde o pique. Parte disso se deve ao fato da enorme quantidade de personagens, trocando o foco da ação a todo o momento, nunca deixando espaço para a monotonia.

Martin sabe muito bem como fazer isso. Não basta encher o livro de personagens, se cada um não for interessante e não tiver sua própria história, tudo se tornaria repetitivo. Mas o escritor conduz a trama muito bem, nos apresentando personagens bem variados, reinos com costumes diferentes, em essência, um vasto mundo muito bem construído, e isso apenas no primeiro livro de uma série ainda em andamento.

Não só isso, conforme a história progride, entramos numa montanha-russa de reviravoltas e traições, onde nem o mais querido personagem está seguro. Aliás, isso se tornou uma marca registrada de Martin na série. Não há garantia para nenhum personagem, seja ele o mocinho ou o mais sádico vilão. Todos sofrem, muitos trocam de lado e vários encontram seu fim da maneira mais inesperada.

O único ponto negativo fica por conta da adaptação da tradução portuguesa para o português brasileiro, que deixou passar muita coisa, o que não deixa a leitura fluir bem em alguns momentos.

As Crônicas de Gelo e Fogo – Livro Um: A Guerra dos Tronos (1ª edição, 2010) – De George R.R. Matin - Tradução de Jorge Candeias - 592 páginas - formato 17 x 24 cm - R$ 49,90 – Leya.


Veja também:
  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil