MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
12/09/2014
REVIEW - HQ: O INCRÍVEL HULK - PLANETA HULK - PARTE 2
 
 
O Incrível Hulk - Planeta Hulk - Parte 2
 
 
 
 
 
 
 
 


Em Planeta Hulk - Parte 1, o Incrível Hulk é enviado pelos Illuminati (Dr. Estranho, Charles Xavier, Tony Stark, Raio Negro, Namor e Reed Richards) para o espaço, indo parar num planeta inóspito que vive em pé de guerra, já que seus habitantes são de diversas raças diferentes, com culturas e propósitos distintos, o que resulta em conflitos intermináveis. E como se isso não bastasse, o planeta Sakaar é comandado a ferro e fogo por um imperador tirânico e sanguinário que se autodenomina um deus.

O problema, para o fascistão, é que boa parte da população não aguenta mais os desmandos e atrocidades do sujeito, o que gera uma enorme revolta que tem à frente Hulk e seus novos companheiros de treta. A presença do golias verde é tida como profética e prevê o estopim para uma nova era de compreensão e harmonia, na medida do possível.

E aos poucos a tal profecia vai se confirmando, conforme Hulk e companhia seguem na investida contra o Rei Vermelho e suas tropas. Conforme as fileiras de corpos vão aumentando, o Hulk consegue novos aliados, uma raça de seres parasitários perigosíssimos conhecidos como espinhos, com quem os rebeldes já haviam entrado em conflito. A aliança torna mais próxima a revolução e, consequentemente, enfraquece a atuação do Rei Vermelho. Até que se inicia o grande conflito, e nem é preciso dizer quem leva a melhor.

O Quebra-Mundos, um dos diversos nomes dados ao verdão pela população, é eleito como o novo rei de Sakaar, venerado por destronar o Rei Vermelho e sua, até então, inabalável dominação. Agora no trono, Hulk declara publicamente a companheira de batalhas Cairera como sua rainha, e um novo relacionamento surge, trazendo à tona um novo Hulk, mais sóbrio, controlado e até mesmo sensível.

Mas nem tudo são flores nesta saga heroica do gigante esmeralda, e era de se esperar uma nova reviravolta pouco ou nada otimista. Aqui, o ditado se inverte: depois da bonança, vem a tempestade. E praticamente tudo o que o Hulk havia conquistado junto com seus parceiros vira cinzas, literalmente.

O roteiro de Greg Pak não decepciona e traz uma nova perspectiva sobre o Hulk, um monstrão furioso que possui um coração debaixo da montanha de músculos. Os traços de Carlo Pagulayan, que se encaixariam muito bem em revistas como Métal Hurlant e 2000 AD, caem como uma luva para o estilão ficção científica da saga, não só pelos diversos momentos de ação, mas também pelos momentos dramáticos.

E por falar em drama... O final é extremamente dramático e é difícil não se comover com as perdas sofridas pelo Cicatriz Verde. E como todos sabemos, quando ele fica com raiva... Hulk esmaga! E Hulk triste é Hulk com raiva. E agora ele quer ir atrás dos responsáveis pela tragédia ocorrida após tanta luta e sofrimento, quando parecia que tudo finalmente entraria nos eixos. Daí é que se inicia uma nova saga do alter ego de Bruce Banner: Hulk Contra o Mundo.

Os Illuminati que se cuidem.

O Incrível Hulk - Planeta Hulk - Parte 2 (Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel Vol. 47) - 176 páginas - formato 17 x 26 cm - R$ 32,90 - lançado em agosto de 2014 – Editora Salvat do Brasil (coleção prevista para ter 60 volumes).

Veja também:
- Notícias diversas sobre o Incrível Hulk
- Outros reviews e matérias

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil