HQ NO BRASIL
 
  
 
26/07/2005

Quadrantes dos Quadrinhos: 22/7

Quadrantes dos Quadrinhos é o novo resumo do Neorama dos Quadrinhos. Agora em um formato mais dinâmico, o Quadrantes dos Quadrinhos mostra todos os dias, 10 notas seletas do mundo sobre a Nona Arte, com texto final de Marko Ajdaric.

Confira as notas do dia 22 de julho:

Kasabian vai de Wolverine
Os rockeiros do Kasabian, o grupo de rock de maior ascensão na cena inglesa nos últimos anos, trouxe uma bela surpresa, nesta quinta-feira, para os apreciadores de quadrinhos e, em especial, para os apreciadores do mais popular dos X-Men, Wolverine. A turma da nova síntese entre música que eletriza e faz dançara na Grã-Bretanha acaba de anunciar que seu próximo disco será um ´disco Wolverine´. Com a expressão ´Our new album will be a Wolverine´, o grupo quis dizer que seu novo disco terá componentes ainda mais fortes que o atual, que ganhou não só fãs como mais reconhecimento para o trabalho do grupo que surgiu em Leicester, em 2003. Para quem não acompanha o Kasabian, vale dizer que além de muita personalidade, eles têm, entre seus fãs declarados, Robert Plant, Pete Townshend e Noel Gallagher. O Kasabian podia escolher mil pontes, ou nenhuma, para se promover, atualmente. A escolha de Wolverine como síntese de seu novo trabalho pode até fazer mais jovens indies ingleses se interessar pela turma de super-heróis, e é mais um canal de conversa entre as formas de expressão. Quem sabe, vem outras. O disco será gravado em outubro e novembro.

100 anos de Lynd Ward
Desde 5 de julho e até 2 de outubro, a Universidade de Georgetown (em Washington, a capital americana) sedia a exposição ´Lynd Ward: a Centennial Appreciation´. Lynd Ward, nascido em Chicago, em 1905, é o que se pode chamar de artista único. Depois de formado em artes plásticas, Ward estudou xilogravura em Leipzig, na Alemanha. De volta aos Estados Unidos, além de ilustrador, Ward realizou um prodígio para a época: álbuns inteiros, sem palavras, em xilogravura, a partir de 1929. A historiografia dos quadrinhos nos EUA considera que Ward foi o segundo criador no mundo a realizar o que se convencionou chamar de graphic novels, mostrando que os fundamentos da Nona Arte estão muito além das importantes contribuições dos grandes jornais diários do início do século passado. Um site dedicado a uma destas obras, ´Mad Man´s Drum´, pode ser conhecido neste link. A Georgetown University Library é a principal depositária das obras de Lynd, e esta é a quarta mostra que a instituição sedia em homenagem ao artista.

World of Warcraft: 1.500.000 usuários, na China
Confirmando o fenômeno de vendas verificado quando saiu na Europa, onde vendeu várias centenas de milhares de cópias nos 2 primeiros dias de lançamento, World of Warcraft, segundo a proprietária do RPG, a Blizzard Entertainment, já tem 1.500.000. Assinantes na China, sendo que o jogo foi colocado no mercado local em 7 de junho. Ainda segundo a companhia, a massa de chineses que aderiram à proposta do jogo tornou World of Warcraft o jogo online de maior número de usuários em todo o Mundo, de acordo com a notícia veiculada nesta quinta-feira. A onda mundial deve crescer, pois o 2º jogo, com o nome  de World of Warcraft RPG foi lançada em 27 de junho. A relação de World of Warcraft com os quadrinhos vai muito além dos gibis e tiras do título, que, como expressão artística, acrescentam pouco à Nona Arte.  Na verdade,  World of Warcraft tem um papel muito mais importante é no caixa de várias editoras que publicam quadrinhos no mundo todo, como a brasileira Devir.

Fabio Zimbres, ponte brasileira com o Mercosul
Fabio Zimbres continua tendo boa receptividade e grande divulgação do seu trabalho em eventos de colegas do Mercosul. Os organizadores do coletivo Montevideo Comics, o principal evento de HQs do Uruguai e que acontecerá nos dias 6 e 7 de agosto, registraram com ênfase em sua página eletrônica a chegada de material do selo Mini Tonto, de Fabio Zimbres, que estará incluído na exposição Historietas Después de la Industria, a ser realizado na capital uruguaia de 15 a 26 de agosto, no Centro Cultural de España. Um trabalho em animação de vários autores, chamado Tonto TV, também será exibido. Nos dias 4 e 5 de junho, em Buenos Aires, aconteceu a Feira de Desenho El Dorrego, evento em que a Nona Arte dialogou com o mundo da ilustração como um todo. O selo argentino Pequeño Editor anunciou com destaque a presença do livro Feliz, também de autoria de Zimbres, na feira. Feliz é uma HQ em livro, de 24 páginas, incluída na coleção Cuadriños, da Pequeño Editor, em 2003, que conta a história de um menino cujo gibi vai parar - voando - exatamente nas mãos do malvado do bairro. Para conhecer um pouco mais do trabalho de Fábrio Zimbres visite o site do artista.

Osamu Tezuka em novo longa-metragem
Black Jack, série de mangás realizada por Osamu Tezuka entre 1973 e 1984, será objeto de um novo filme de longa-metragem em animação, que deve estrear nos cinemas japoneses no dia 17 de dezembro com o título de ´Black Jack: Futari no Kuroi Isha´ (´Os Dois Médicos Negros´). Em ´Black Jack´, Osamu Tezuka divide com os leitores um pouco de sua formação como médico, ao mostrar as peripécias de um cirurgião do absurdo, que promete aos pacientes realizar operações impossíveis. Black Jack já deu origem a dois animês. 

Novelistas na Marvel
Stephen King, escritor que foi projetado mundialmente a partir de ´Carrie, a Estranha´ é uma nova carta na maga de Joe Quesada, o editor-chefe da Marvel. A presença do novelista na editora, pelo que acompanhamos, tem fundos de ser muito mais do que mais do que um rumor, e teria até um nome: Projeto King. É certo que o impacto (e o retorno de crítica) das obras de King vem decrescendo ao longo dos anos; mas vale lembrar que vários livros de Stephen King já foram adaptados para o cinema ou foram adaptados para seriados, e muitas vezes, resultaram m obras melhores que os textos originais. Pode ser que nos quadrinhos, ele encontre uma boa forma de expressão Como notícia confirmada, a Marvel anuncia a que o escritor de temas policiais e vampirescos Charlie Huston será o responsável pela volta de O Cavaleiro da Lua, numa minissérie de seis edições que se chamará ´Moon Knight: the Bottom´, com desenhos de David Finch (Novos Vingadores). A Marvel já deu a entender que vai dar uma ´mexida´ no personagem criado por Doug Moench, seguindo sua linha editorial atual, o próprio Charlie Huston diz que pretende que a justiça do mercenário Marc Spector,  O Cavaleiro da Lua, triunfe numa série que promete ser pesada a partir de um dos personagens mais surrealistas da ´Casa das Idéias´. A série deve estar nas gibiterias americanas a partir de fevereiro de 2006.

A história da Bélgica em BD
A editora Versant Sud, sediada em Louvain (que não é uma casa editorial especialista em HQs), é a responsável por uma das obras mais aplaudidas e promissoras da temporada da BD: ´L´Histoire de Belgique au Fil de la BD: de 1830 à nos Jours´. Lançado em junho, o álbum de 176 páginas vem ganhando nada menos do que efusivos aplausos em todos os meios de comunicação ligados aos temas da obra. O conceito de ´´L´Histoire de Belgique...´ é um primor de visão editorial: um historiador, Pierre Stéphany, organizou realizações de nada menos que 50 quadrinhistas para mostrar inúmeros aspectos (todos os principais, a bem da verdade) da história da Bélgica independente. O álbum custa 25 euros. Para setembro, dentro da mesma coleção, está previsto o lançamento de um álbum de Thibaut Vandorselaer sobre as belezas e as histórias de uma pérola em especial do lado flamengo da Bélgica: Bruges, a Veneza do Norte. Lembrando que a Versant Sud já publicou um dos mais belos marcos da história da relação entre turismo e a Nona Arte: ´Bruxelles dans la BD / La BD Dans Bruxelles´, com o título em inglês de ´Brussels through Comic Strips / Comic Strips through Brussels´, um guia de Bruxelas em quadrinhos assinado por Thibaut Vandorselaer.

A volta de Comic Art Magazine
Boas fontes de referência sobre os quadrinhos sempre são importantes, ainda mais, quando podem ficar na estante e passar de mão em mão. No caso da Comic Art Magazine, a relevância é ainda maior, por conta de sua unânime aceitação entre a comunidade da Nona Arte americana, coroada com o recebimento de um Prêmio Eisner como melhor publicação do setor. Neste mês, seu editor - M. Todd Hignite - anunciou a volta da publicação, no verão americano de 2006, mantendo o mesmo padrão de qualidade e com números de 150 a 180 páginas. De momento, M. Todd Hignite se dedica a organizar um livro com 9 entrevistas de quadrinhistas que já foram publicadas pela Comic Art Magazine: Ivan Brunetti, Charles Burns, Daniel Clowes, Robert Crumb, Jaime Hernandez, Gary Panter, Seth, Art Spiegelman e Chris Ware. O livro,  que terá o título de ´In the Studio: Visits with Contemporary Cartoonists´, sairá pelo selo mais que recomendável da Universidade de Yale, e terá cerca de 200 páginas coloridas, com artes originais dos autores incluídos. Enquanto o verão de 2006 não chega, confira o último número da Comic Art Magazine.

Bem-vindo ao Cinema BD Paradisio
BD Paradisio é das fontes de referência online sobre as bandes dessinées que ocupa há muito tempo um lugar de destaque e respeito entre todas as comunidades de bédéistes. Uma das melhores contribuições do portal para quem não tem domínio do idioma francês é a sua seção ´Cinéma Paradisio´, onde 117 álbuns da moderna BD, de 20 selos diferentes, estão disponíveis em slide-shows. Basta clicar no título escolhido e ver belas canjas desfilando entre seus olhos, sem mais nenhum trabalho. Para os quadrinhistas de todo o mundo, o portal também aceita e incentiva que seus trabalhos sejam enviados online para eventual publicação, neste link.

15 mestres dos comics, em mostra no MOCA 
O MOCA, o Museu de Arte Contemporânea de Los Angeles, sedia, de 20 de novembro a 13 de março de 2006, a exposição Masters of American Comics. Os artistas foram escolhidos, segundo os próprios curadores da mostra, para montra um mosaico que ilustre como os quadrinhos se desenvolveram enquanto arte, nos Estados Unidos. A mostra terá mais de 500 peças, que incluem gibis, álbuns, suplementos dominicais e originais de Winsor McCay, Lyonel Feininger, George Herriman, Elsie .C. Segar, Frank King, Chester Gould, Milton Caniff, Charles Schulz, Will Eisner, Jack Kirby, Harvey Kurtzman, Robert Crumb, Gary Panter, Chris Ware e Art Spiegelman. A mostra será realizada em conjunto com o Hammer Museum, da UCLA, que disponibilizou uma página oficial do evento.


  facebook

Por: Marko Ajdaric, responsável pelo Neorama dos Quadrinhos

 

 



Kasabian
 
Black Jack, de Osamu Tezuka
 
L´Histoire de Belgique au Fil de la BD: de 1830 à nos Jours
Comic Art Magazine


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil