HQ NO BRASIL
 
  
 
18/07/2005

Quadrantes dos Quadrinhos: 18/7

Quadrantes dos Quadrinhos é o novo resumo do Neorama dos Quadrinhos. Agora em um formato mais dinâmico, o Quadrantes dos Quadrinhos mostra todos os dias, 10 notas seletas do mundo sobre a Nona Arte, com texto final de Marko Ajdaric.

Confira as notas de hoje:

Quadrinhos debaixo do braço
Em um artigo de janeiro, nós adiantávamos que, em 2015, o papel com áudio e vídeo seria uma realidade, através do MicroMedia Paper, permitindo que quadrinhistas e outros profissionais afins realizassem exibições em tempo real de suas obras com animações para inúmeras pessoas, nos ambientes mais diversos, a um baixo custo. Agora, a Fujitsu conta um capítulo anterior a 2015. A partir de 2007, segundo anunciado no Fujitsu Forum 2005, chega ao mercado o LCD Cholesteric, produto que permite que o papel eletrônico baseado em LCD (portanto, sem uso de luz, e sim, com abastecimento por rádio) seja o suporte de produtos da comunicação (inicialmente, outdoors). Assim, as HQs (e outros produtos da criação humana) poderão ser publicadas num papel eletrônico dobrável, de baixo custo de energia, ampliado um de seus principais diferenciais como forma de expressão: a portabilidade. Em tempo: a Philips também desenvolve um produto semelhante; esperamos que a concorrência seja leal e real, favorecendo os usuários de todos os tipos.

Belinda faz 75 anos
Uma das tiras de maior sucesso de todos os tempos estará completando 75 anos, em setembro : Belinda (ou Blondie, no original). Belinda foi criada por Murat Young (1901 / 1973), que dezenas de milhões de leitores de todo o mundo conheceram e conhecem pelo pseudônimo de Chic Young, em 1930, sendo um caso raro de amor ´eterno´. Na verdade, a série começa exatamente pela relação de amor entre a loiríssima e doce Blondie Boopadoop e Dagwood Bumstead, que abriu mão da herança para se casar com ela, 3 anos depois, quando começa sua vida de classe média e o maior presente para a Nona Arte: décadas de crônica social leve e bem-humorada de Chic Young. A série foi continuada pela filha de Chic, Dean e pelo desenhista Stan Drake (sucedido por Denis Lebrun), com o falecimento de Chic Young.  Para a festa de 75 anos, Dean está preparando uma série de visitas de outras personagens à tira, e vice-versa; na lista de convidados estão Pimentinha, Hägar, Garfield e Dilbert. Para acompanhar a festa, ´reserve´ desde já seu lugar, pondo em seus favoritos a tira diária da alegre família unida.

Prêmios Eisner 2005
Os laureados de 2005 com os prêmios Eisner 2005 foram anunciados na San Diego Comic Con. Confira aqui a lista dos vencedores do prêmio considerado o mais importante do mundo. Mais uma vez, o prêmio Eisner prima pela abrangência de títulos e temas. Uma das belas surpresas foi um Eisner para um dinamarquês: Teddy Kristiansen  (já indicado em outro ano), como melhor artista multimeios, Confira aqui, uma galeria de trabalhos de Kristiansen, no Tegneseriemuseet, o museu virtual dos quadrinhos da Dinamarca. Osamu Tezuka faz sua estréia entre os ganhadores do prêmio, que decepcionou os franceses, que terão de esperar, mais um ano (quem sabe) pela inclusão de René Goscinny no Hall da Fama. Melhor sorte tiveram os italianos, que viram Hugo Pratt ganhar esta distinção, ao lado de Johnny Craig, Nick Cardy e Gene Colan. Entre as majors, a predominância da DC (especialmente se incluirmos os selos WildStorm e Vertigo), foi enorme. A categoria estreante - quadrinhos online - teve como vencedor Mom´s Cancer, que você pode conhecer aqui. Destaques ainda para Fables, que ganhou 3 prêmios, e para Bone e para o canadense Seth, temas das 2 próximas notas.

...e por falar em Seth
A premiação de Seth no Eisner 2005 dá ainda maior peso à exposição que está em curso em Toronto, no Canadá. Desde 19 de junho e até 16 de outubro, a Art Gallery of Ontario (o 8º maior museu de artes da América do Norte) sedia a mostra Present Tense 31, que apresenta trabalhos originais de ´Palookaville´, série de Seth publicada pela também canadense editora Drawn and Quarterly. A mostra acontece no Swing Space, espaço que foi inaugurado este ano, e cujo cartaz oficial é assinado pelo próprio Seth. O próprio Seth esteve no local da mostra, em 30 de junho, para um debate.  

...e por falar em Bone
Durante o final de semana da San Diego Comic Con e do anúncio dos Prêmios Eisner, os apreciadores das aventuras de Bone tiveram mais uma boa notícia. A Tell Tale Games anunciou que está no ar o 1º trailler do videojogo de Bone, neste endereço.  Apesar do carregamento ser lento, o trailler mostra que a produção está cuidando de manter os aspectos principais da obra de Jeff Smith. Assim, o game, além de trazer mais leitores para a excelente HQ, não vai decepcionar seus fãs. Na página eletrônica, você também pode realizar sua assinatura para receber as novidades do game.

Mais 17 Classici del Fumetto
O jornal italiano La Repubblica, pelo visto, teve uma boa resposta de público para sua antológica série I Classici del Fumetto, que é uma das melhores iniciativas de jornais diários, atualmente, em todo o mundo. A direção do La Repubblica anunciou que a série terá mais 17 títulos, além dos previamente programados. Da nova leva, fazem parte: um álbum de Enki Bilal e um de Katsuhiro Otomo, um volume de Sandman, um álbum de Dampyr e um de Ken Parker (representando o time da italiana Bonelli), um álbum da série XIII, de William Vance e Van Hamme, um álbum do queridinho da BD francesa, Titeuf, um álbum de Torpedo, clássico espanhol de Miguel Sanchez Abulí e Jordi Bernet e Mort Cinder, a antológica série dos argentinos Héctor G. Oesterheld e Alberto Breccia.  

Da Terra dos Manhwas
De 11 a 16 de agosto, Seul, a capital da Coréia do Sul, sedia a 9ª edição do Seoul International Cartoon and Animation Festival, ou, SICAF 2005. O SICAF é considerado o maior festival de cinema de animação da Ásia; em 2004, foram mais de 200 filmes de 41 países nas mostras oficial e paralela; este ano, 846 obras de 77 países já garantiram sua participação.. Um concurso nacional para jovens produtores foi realizado este ano (o prazo de envio termina neste dia 18) com o tema da restauração e modernização de Seul. No domingo, dia 17, Seul realizou seu 4º Ragnarök Festival , que - na verdade - é uma importação de um festival japonês, de apreciadores do jogo, e não do manhwa de Ragnarök. Para o público europeu, quem promete trazer boas novidades é a editora suíça Paquet, que recentemente lançou uma coleção em pequeno formato de Usagi Yojimbo, de Stan Sakai e alguns manhwas. Uma equipe inteira de profissionais da Paquet se encontra atualmente na Coréia do Sul.

Georges Abolin e Olivier Pont, além da fronteira
Em meio a todos os lançamentos em curso na Alemanha, o Berliner Morgenpost, um dos grandes jornais diários da Alemanha (e que preza a inteligência dos leitores), escolheu para objeto de sua resenha semanal a edição alemã (pela Carlsen) de ´Où le Regard ne Porte Pas´, que saiu com o título de ´Jenseits der Zeit´ (que pode se traduzir por ´Além do Tempo´). A resenha se vale de um artifício honesto e inteligente: tenta aproximar a estória de amizade de outras criações, para rapidamente concluir que o álbum de 200 páginas e preço de 30 euros é, simplesmente, fora de comparações. Os colegas de Comic radio Show vão um pouco além, dizendo que a obra de Abolin e Pont é um libelo definitivo contra a intolerância. Vamos ver quando esta obra única, que ficou entre os 5 melhores álbuns de BD ano de 2004 pela ACBD (Association des Critiques et Journalistes de Bandes Dessinées), ganha novas traduções.  

III Mundo dos Quadrinhos, em São Paulo
Um evento de porte (e presença) internacional aconteceu na capital paulista, na semana passada. Mais uma vez, optamos por aceitar de bom grado o relato pessoal e afetivo do cartunista e cineasta Ruy Jobim Neto para mostrar o neorama do evento. Com vocês, o relato de Ruy:
 
Entre 12 e 16 de julho, doze exposições simultâneas, palestras, oficinas e até a exibição de um making of de um filme baseado em quadrinhos foram apresentadas no SENAC da Lapa, durante o III Mundo dos Quadrinhos, um dos maiores e (já) mais importantes eventos da área, em São Paulo. Com direito a abertura com palestra de Ziraldo, uma entrada triunfal de Maurício de Sousa diante das câmeras para abrir a exposição principal e sopa, muita sopa quente para uma noite gélida, e a platéia ávida, que lotava o SENAC, na terça-feira passada. O criador do Menino Maluquinho, Ziraldo Alves Pinto, proferiu a palestra ´Ziraldo e sua carreira nos quadrinhos”. Ele também foi tema do documentário ´Ziraldo – Profissão Cartunista´, com direção de Marisa Furtado, e que foi acompanhado de outro filme da mesma série, um arroz-de-festa chamado ´Will Eisner – Profissão Cartunista´, bem a propósito do futuro lançamento nacional do longa ´Sin City: a Cidade do Pecado´, no próximo dia 29. O filme tem direção de Robert Rodriguez (´A Balada do Pistoleiro´), Quentin Tarantino (´Kill Bill´) , com a estréia do cartunista Frank Miller – o criador dos volumes da série ´Sin City´. Para o filme, também foi agendada uma mesa redonda, com a exibição do making of, e o tema ´Cinema com Linguagem de Quadrinhos e Quadrinhos com Linguagem Cinematográfica´, debatido por Rodrigo Salem (revista Set) e pelo roteirista Sergio Codespotti. Gualberto Costa e Daniela Baptista foram os curadores da sofisticada exposição ´O que É Brasil´. 52 artistas (o número original era 50, mas os dois outros ficaram por conta de Maurício de Sousa e Ziraldo), cada um com um tema brasileiro, emolduraram em quadrinhos as paredes do local. Daniela explicava inclusive que as molduras em passe-partout da exposição foram confeccionados pelo pai de Gualberto, com materiais naturais como folhas de bananeiras e outras plantas brasileiras. Teve até o cartunista Custódio, com sua página ´Braslu´, antecipando comicamente a batida policial que viria a acontecer em uma sofisticada loja de São Paulo, no dia seguinte. Uma exposição de 50 fotos do cartunista Orlando Pedroso, que também constam do blog do artista, estava no prédio principal do SENAC, ao lado de exposições de Paulo Caruso, Pryscila Faria (professora do SENAC), uma mostra do melhor de Piracicaba, outra de underground japonês e uma exposição internacional de quadrinhos. Orlando Pedroso ministrou a oficina ´Como Montar um Portfolio´. Enfim, não foi sopa. Ou melhor, teve sopa por causa do frio feito em São Paulo na última semana como, aliás, em todo o mês de julho, quando o SENAC traz eventos como o Mundo dos Quadrinhos, desta vez em sua terceira edição. Eventos como este, além da premiação do Prêmio Ângelo Agostini, fazem o circuito quadrinhístico paulistano dar uma guinada para o bairro da Lapa. 

Festivais canadenses
O Ottawa 05 International Animation Festival, dedicado ao cinema de animação, acontece de 21 a 25 de setembro. As 2 principais atividades são uma mostra do melhor cinema europeu de animação não industrial, o eslovaco e uma exposição de Gianluigi Toccafondo. O evento terá ainda oficinas e uma feira de negócios, a Animation Trade Fair, que promete ser o berço de muitas novidades em desenhos de animação (baseados em quadrinhos ou não) do ano de 2006, na televisão e em DVDs. O festival conta com o apoio da AWN, do Cartoon Network e da verdadeira fábrica de engenho e arte que é o National Film Board of Canada, responsável maior pela bela ´rivalidade´ com os eslovacos. De 5 a 14 agosto, acontece um festival tipicamente canadense. Ou melhor, québecois: Pela 10ª vez, a cidade de Weedon realiza seu Festival des Dalton, onde estarão presentes, em carne e osso, Lucky Luke, os 4 e impagáveis irmãos Dalton e a Mãe Dalton. Weedon garante que o evento oferece os melhores bifes do verão canadense, além de atividades para crianças e fogos de artifício. Infelizmente, o desastre completo e acabado que é o chamado ´filme´ dos Daltons estará lá, para empanar o brilho da festa. Resta rezar para que os bifes sejam realmente bons e que todos tirem uma bela siesta na hora da projeção.


  facebook

Por: Marko Ajdaric, responsável pelo Neorama dos Quadrinhos

 

 



Um trabalho de Teddy Kristiansen
 
Cartaz do Swing Space ilustrado por Seth
 
Ottawa 05 International Animation Festival
Jenseits der Zeit


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil