HQ NO BRASIL
 
  
 
03/08/2007

Joe Casey fala sobre seu trabalho em Youngblood

Como estamos noticiando há algum tempo, o desenhista e roteirista Rob Liefeld entrou em acordo com a Image Comics, editora que ajudou a fundar e da qual saiu de forma nada amigável, para publicar um encadernado com um novo final de sua série Youngblood, além de uma nova série mensal com roteiros de Joe Casey e desenhos de Derec Donovan. Agora, foi Casey quem falou sobre o novo projeto.

O roteirista disse que o que o levou ao projeto foi o fato de o gibi ser recheado de boas idéias, apesar de deixar a desejar quanto a narrativa. “Rob é mais um desenhista, é claro que ia acabar sendo assim”, explicou Casey. “Mas não era essa a onda da Image e dos anos 1990? Muitos quadrinhos de super-herói não faziam sentido, naquela época. Mas eu fiquei ligeiramente desapontado em ver que as histórias não exploravam, às vezes nem mesmo continham, muitas dessas boas idéias. Acho que muitos leitores se sentiam assim, ainda que sejam fãs leais, e até mesmo Rob.”

Dessa forma, Casey diz que seu papel nessa nova fase de Youngblood é trazer uma estrutura mais sólida ao contexto da série, fazendo ligações entre pontos da história antes isolados e dando mais coesão ao enredo, do começo até o fim. O roteirista também afirmou que os novos diálogos aproximam mais os leitores dos personagens, tornando-os mais palpáveis.

Casey também comentou o novo final da série original, que está sendo preparado para o novo encadernado em capa dura. “Rob sempre teve a intenção de, um dia, ter todas as cinco primeiras edições em uma coletânea. Este novo final veio do fato de que simplesmente Rob nunca desenhou o capítulo final do primeiro arco. Então, baseado no material existente, eu cheguei a uma nova forma de terminar a história, uma forma muito mais clara, e Rob então está desenhando oito novas páginas para dar à coleção seu final apropriado.”

O novo final terá ênfase em personagens e situações diferentes daqueles em Youngblood #5, o que segundo Casey, faz com que esta edição também seja atraente para aqueles que acompanharam a série original.

Quanto à nova série, o roteirista, que não é grande fã de continuidade, afirmou que os leitores podem considerar todas as histórias do grupo como tendo acontecido, com exceção dos especiais Imperial e Bloodsport, que não foram terminados (mas que Liefeld já disse que pretende concluir, como você pode conferir aqui), e Babewatch, considerado particularmente ruim. “O fato é que eu e Derec estamos chegando para contar histórias novas destes personagens, e não faz sentido gastar páginas a fio para conciliar essas coisas com o passado, o que poderia ser complicado. É pra isso que servem os artigos da Wikipedia.”

Os leitores também podem esperar alguns novos personagens além da equipe original, como aqueles criados por Alan Moore em sua breve passagem pelo título. Casey disse que irá adicionar mais drama e emoção relacionados aos personagens, e que irá explorar como eles lidam com a fama. “Ninguém está imune às armadilhas da fama. E se os super-heróis existissem como eles existem em Youngblood, fariam algumas celebridades serem notícia do passado. Os holofotes ofuscariam ainda mais. E está bem claro que, quanto mais famoso você é, mais duras se tornam as coisas.”

Casey finalizou dando sua versão de por que um título como Youngblood ainda possui apelo junto ao público 15 anos após seu lançamento. “O fascínio com as celebridades, em nossa cultura, só cresceu. Super-heróis como celebridades, em particular, foi uma idéia ainda a frente de sem tempo, em 1992. Claro, Rob não foi o primeiro cara a pensar por esse ângulo, mas ele foi um dos primeiros criadores a tornar este o gancho principal dentro de um conceito mais amplo.”

O roteirista Joe Casey passou a ter seu trabalho reconhecido quando escrevia a série de Cable, para a Marvel Comics. Escreveu alguns títulos para o selo Wildstorm, da DC Comics. Sua abordagem nos Wildcats, transformando a série de super-heróis em uma história de espionagem corporativa, bem como seu trabalho em Mister Majestic (com o desenhista Ed McGuiness) impressionaram a editora a ponto de ele ser chamado para escrever Adventures of Superman. Casey também é um dos criadores do desenho animado Ben10, exibido no Brasil pelo canal a cabo Cartoon Network.

Youngblood é uma equipe de super-heróis criada pelo quadrinista Rob Liefeld, segundo ele, inspirada em seus planos para uma série dos Novos Titãs. Apareceu pela primeira vez em 1987, na edição especial Megaton: Explosion, mas sua estréia oficial data de 1992, quando o primeiro número do título foi lançado pela editora Image Comics, recém-fundada por Liefeld e outros artistas, como Jim Lee. Apesar das vendas sensacionais, obteve péssimas críticas. Com a saída de Liefeld da Image, passou por outras editoras e chegou a ter uma fase roteirizada por Alan Moore. Agora, a série volta à sua casa original com um encadernado recontando a série clássica, e com uma nova série mensal a ser publicada a partir de 2008, com roteiros de Joe Casey e desenhos de Derec Donovan.



  facebook

 

 



 
 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil