HQ NO MUNDO
 
  
 
18/03/2015

Brasileiro pede que DC cancele capa de Batgirl

O desenhista brasileiro Rafael Albuquerque pediu que a DC Comics cancelasse a veiculação de sua capa variante para a edição Batgirl #41. O desenho, uma homenagem à Piada Mortal, mostra a heroína rendida pelo Coringa. 

A imagem causou polêmica entre alas da crítica e de leitores, que consideraram a imagem violenta e fora dos atuais padrões da série da Batgirl – muito mais voltada para a inclusão social e o humor.
 
A capa faz parte de um mês de homenagens ao Coringa na DC Comics, onde diversos títulos ganharão capas variantes apresentando o vilão. Há relatos, no entanto, de que Rafael Albuquerque tenha sofrido até ameaças contra sua vida quando a arte foi divulgada.
 
Bárbara Gordon foi criada em 1967 por Gardner Fox e Carmine Infantino. Filha do Comissário Gordon, começou sua carreira de super-heroína como Batgirl. Após alguns anos, ao ser baleada pelo Coringa, ficou paralítica. Depois de muita terapia, Bárbara adotou a nova identidade de Oráculo, usando sua incrível memória e capacidade mental para ajudar diversos heróis com informações, estratégias e espionagens via computador, liderando ainda sua própria equipe, as Aves de Rapina. Em Os Novos 52 as coisas são um tanto diferentes. Bárbara foi atacada pelo Coringa, mas conseguiu voltar a andar, permanecendo como Batgirl. Nesta nova cronologia ela aparentemente nunca foi Oráculo, mas atualmente faz parte das Aves de Rapina.
 
 
 

 


  facebook

 

 



 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil