HQ NO BRASIL
 
  
 
02/03/2012

Adeus-Tristeza e mais pela Companhia das Letras

Seguindo os passos das grandes narrativas autobiográficas, como Maus, de Art Spiegelman, e Persépolis, de Marjane Satrapi, Belle Yang escolheu os quadrinhos para narrar a tumultuada saga de sua família em Adeus-Tristeza: A História dos Meus Ancestrais, próximo lançamento do selo Quadrinhos na Cia., da Companhia das Letras.

Nascida em Taiwan, Yang emigrou com a família para os Estados Unidos aos sete anos. Na década de 1980, voltou à China para estudar pintura e caligrafia. Mas, perseguida por um ex-namorado que a havia ameaçado de morte, ela é obrigada a retornar à casa dos pais, na Califórnia. Enquanto seus amigos ocidentais desfrutavam uma vida de liberdade criativa e pessoal, Yang se vê paralisada pelo medo. Aos poucos, as histórias de seu pai sobre a Velha China, pelas quais ela nunca havia se interessado, vão se transformando num ambicioso projeto: recontar a saga da dinastia Yang durante o século XX.

A partir das disputas e dos embates entre o patriarca dos Yang e seus filhos, a autora pôde revisitar cem anos de história chinesa. O enfoque na intimidade da família ganha contornos épicos, conforme os Yang vivenciam a invasão da Manchúria pelos japoneses, a grande fome, a Segunda Guerra Mundial e a subida dos comunistas ao poder. No traço de Belle Yang, que deve tanto à mais tradicional caligrafia chinesa quanto aos quadrinhos contemporâneos, essa saga familiar ganha uma forte carga de poesia. O resultado é uma jornada que capta não apenas as grandes pinceladas da História, mas também os pequenos traços de uma tradicional dinastia chinesa.

Adeus-Tristeza: A História dos Meus Ancestrais tem 248 páginas, formato 19,5 x 27 cm e custa R$ 38,50. O álbum já pode ser adquirido em pré-venda clicando aqui.

Entre as demais novidades da Companhia das Letras para 2012, além dos recentes Wilson, de Daniel Clowes, e Avenida Paulista, de Luis Gê, estão Diomedes, de Lourenço Mutarelli; Rê Bordosa Total, coletânea de tiras da personagem criada por Angeli; Campo em Branco, de Emílio Fraga e DW; Invasão, de Gustavo Duarte; Habibi, de Craig Thompson; Manual do Minotauro, coletânea de tiras de Laerte Coutinho; Dois Irmãos, adaptação da obra de Milton Hatoum, por Fábio Moon e Gabriel Bá; Mensur, de Rafael Coutinho; Transubstanciação, de Lourenço Mutarelli; e Los Três Amigos Completo, de Laerte, Glauco e Angeli.

Veja mais sobre a Companhia das Letras

Veja mais sobre HQ no Brasil



  facebook

 

 



 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil