HQ NO BRASIL
 
  
 
02/06/2005

A Semana dos Quadrinhos: 23 a 27/5

Semana dos Quadrinhos é um resumo semanal do Neorama dos Quadrinhos que procura, mais do que apontar os sucessos de editores e autores,  mostrar os caminhos pelos quais a Arte Seqüencial se encontra consigo mesma, com a sociedade e com os leitores.

Este resumo traz, com texto final de Marko Ajdaric, um apanhado do que foi publicado nas edições de 23 a 27 de maio de 2005.


:: INTERNACIONAL

Alan Moore volta em junho
Albion, nome da série em 6 gibis que marca a volta do The Claw, grupo inglês de super-heróis que estava fora das prateleiras há quase 30 anos, já tem data para ocorrer. As aventuras do quarteto The Claw, formado por Steel Claw, Robot Archie, Cursitor Doom e Dolmann, que protagonizam uma série em que superpoderes de cyborgs se fundem com boas doses de bizarrias voltam a ser publicadas agora em junho, pela WildStorm em cooperação com a inglesa IPC, e deve ter distribuição mundial, sendo que o primeiro número deve chegar às gibiterias no dia 29. Além de Alan Moore, os roteiros levam a assinatura de sua filha, Leah Moore e de John Reppion (Wild Girl). A arte fica por conta de Shane Oakley e George Freeman. A série foi lançada no dia 12, na Comic Expo, em Bristol. Esperamos que a notícia de que Alan Moore rompeu com a produção do filme ´V for Vendetta´ e com a DC Comics, largamente divulgada esta semana, não frustre a espera pela série.
 
Yakari na TV
Depois de ser traduzido em 17 idiomas (em português, pela Verbo), Yakari, o indiozinho sioux criado pelo suíço Derib (pseudônimo de Claude de Ribaupierre) e que veio a ter roteiros de Job volta à televisão, numa série que já tem 52 episódios de 12 minutos programados. A France 3 informa que a transposição para as telinhas será fiel aos roteiros dos quadrinhos. Esperamos que sim, pois Yakari, capaz de dialogar (além de ter o dom de ouvir) com os animais é uma das séries de bandes dessinées que mais tem a acrescentar a jovens de todas as idades, não só pelo grafismo leve e pessoal mas também pelo humanismo da série. Em tempo: o 31º álbum - Yakari et les Appaloosas - deve ser publicado em setembro.
 
Novas séries de Batman
Batman volta a encontrar seu inimigo Ra´s al Ghul numa minissérie em dois gibis a ser lançada em junho: ´Year One: Batman/Ra´s Al Ghul´, com roteiro de Devin Grayson e arte de Paul Gulacy & Jimmy Palmiotti. O tema da morte numa sociedade em que não se morre é o pano de fundo da mini. A série em 12 gibis Batman: Journey into Knight, começará a ser publicada em agosto. Com roteiros de Andrew Helfer e arte de Tan Eng Huat (de Doom Patrol). Nela, Bruce Wayne será infectado com um vírus letal.
 
El Eternauta, rumo ao cinema
Francisco Solano López, em uma palestra ministrada em Mar del Plata sobre German Oesterheld, seu colega na criação da imortal série argentina de ficção científica, deu, pela primeira vez, indicações claras de que o personagem será adaptado para o cinema. 
 
George Grosz em HQ
O expressionismo do pintor e desenhista George Grosz (1893 / 1959 ), um dos artistas plásticos que mais influenciou os quadrinhos, volta a ser tema de uma HQ. Seu compatriota, Ulf K, que acaba de estrear na Espanha, será o responsável pelo tento. Vamos aguardar com interesse.
 
Morreu Henry Corden
Henry Corden, que passou a ser ´a voz´ de Fred Flintstone em 1977 e que criou o mundialmente conhecido bordão Yabadabadu,  morreu aos 85 anos, vítima de enfisema pulmonar.
 
Guadalajara: 1 mês de quadrinhos na rua
Sob o nome de Paseo del Cómic, a turma que faz acontecer a Nona Arte em Guadalajara criou uma idéia altamente ´copiável´: durante um mês, os quadrinhos estão ocupando uma calçada movimentada da cidade, com oficinas, exposição, venda e troca de quadrinhos. Um dos apoiadores e participantes do evento é o cartunista Trino, conhecido em todo o México, que empresta seu nome para que o evento tenha mais visibilidade pela imprensa de todo o país.
 
Pif, em 550 páginas
Pif Gadget, a revista de quadrinhos com que o PCF tenta ampliar a sua influência junto à juventude, desde 1944 (com outros nomes, em especial, ´Vaillant´), é o objeto do livro ´Le Meilleur de Pif´, publicado pela Vents d´Ouest em capa dura, com 550 páginas. O livro conta a história do antigo semanário que deixou de existir em 1993 e voltou a ser publicado mensalmente como encarte do jornal L´Humanité em 2004. É pena que a presença de Pif no l´Humano não tenha feito melhorar os artigos sobre bandes dessinées do matutino do PCF, que continuam sofríveis e confusos.
 
Sempé em Hong Kong
Uma exposição com o nome ´Sempé un Air de Paris´ marca o mês da França, em Hong Kong. A mostra, na Biblioteca Central da cidade-estado, traz originais de Le Petit Nicolas e de outras obras de Sempé, realizadas entre 1962 e 2003. O premiado documentário ´Sempé-Rêver pour Dessiner´, de Françoise Gallo, também está em exibição.
 
Um guia de Star Wars, por 30 dólares
A terceira edição de Star Wars: Super Collector´s Wish Book é uma aposta ousada do mercado editorial no sucesso do filme. A obra traz, em 446 páginas nada menos que 39.000 itens de todo o tipo de badulaques que já se produziu a partir da série e traz 13.700 fotos coloridas. O livro da Collector Books, em capa dura, custa 30 dólares. A segunda edição, de 2003, tinha recebido uma nota equivalente a 9, de World Famous Comics, e é de se esperar que a atual edição não tenha qualidade inferior.
 
Rudyard Kipling por Hugo Pratt
Uma galeria de artes de Milão, a Nuages, é responsável pela publicação de uma pequena pérola em quadrinhos, do tipo que ajuda a Nona Arte a abrir portas em vários setores. Um livro de poesias de Rudyard Kipling , o escritor que imortalizou a colonização inglesa na Índia através do romance ´Kim´ ilustrado por aquarelas altamente elaboradas de Hugo Pratt.
 
A volta de Cubitus
Depois do falecimento de Dupa, em 2002, as Editions du Lombard anunciam a volta de Cubitus  e de sua pequena e absolutamente hilária turma. A escolha do sucessor recaiu sobre Rodrigue, já incumbido da continuação do Coronel Clifton (de Raymond Macherot). Tarefa das não muito fáceis, pois o ´pequeno´ universo do cão Cubitus e do gato Semaphore, tal como desenvolvido por Dupa, é das obras mais pessoais que a Nona Arte Francesa já concebeu em gags de uma página inteira, e que os leitores de língua portuguesa conhecem graças à Arcádia e ao Tintin semanal . 
 
Exposição de Robert Crumb
Até 16 de julho, a Galerie Anne Barrault volta a expor, em Paris, ao lado de várias outras manifestações artísticas, a mostra David B. + Robert Crumb + Jochen Gerner, em que a arte do criador de Zap Comix contracena com as de David B. (um dos fundadores de L´Association) e de Jochen Gerner, jovem talento que também publica pelo selo de L´Association. Já nos EUA, a Fantagraphics está a ponto de lançar o 17º volume de Complete Crumb e a Last Gasp prepara um novo número de Zap Comix.
 
Alex Ross em DVD de animês
Agora em junho, no dia 14, deve ser lançado nos EUA o DVD ´Gatchaman: Collector´s Edition, Volume One´, pelo selo da ADV Films. A grande diferencial é que o autor da capa é ninguém menos do que Alex Ross. Gatchaman é a série que deu origem ao animê ´Batalha dos Planetas´. Segundo o comunicado da ADV, a presença de Alex Ross não é somente profissional, o artista  é um fã declarado da série.
 
José Carlos Fernandes, além fronteira
Para além da bela - e merecida - acolhida de seu álbum ´A Última Obra-Prima de Aaron Slobodj´, José Carlos Fernandes teve tempo de colaborar em duas iniciativas coletivas além de Portugal: o sexto número de BD Banda, a revista independente dirigida por Kiko da Silva e que reúne o melhor da banda desenhada autoral galega - que sai a lume em junho, exatamente para o Saló de Cómic de Barcelona e no derradeiro número do fanzine TOS, da editora basca Astiberri, que está sendo lançando, de forma muito original para um número de despedida, com atividades gastronômicas em 4 cidades (um cozido, em Madri, um Marmitako em Bilbao, uma paella em Valencia e uma escalibada em Barcelona).
 
Saló 2005: a lista dos indicados
A 23ª edição do Saló del Cómic de Barcelona, que se realiza de 9 a 12 de junho, tem uma lista de indicados que é um bom termômetro da produção autoral na Península Ibérica. Na categoria de melhor obra estrangeira publicada na Espanha em 2004, os bascos da Astiberri dominam a cena, com 3 autores (Craig Thompson, Edmond Baudoin e Frederik Peeters); Chris Ware pela Planeta DeAgostini e Manu Larcenet, pela Norma, fecham a lista. Na categoria de autor revelação, temos Enrique V. Vegas (nome que é a nossa aposta), Jali, Kenny Ruiz, Pepo Pérez e Raquel Alzate. Entre os candidatos a melhor roteirista, uma belíssima disputa: Fermín Solís, Santiago García, Santiago Valenzuela, Miguelanxo Prado e Carlos Giménez. Como melhor obra publicada no ano de 2004, perfilam-se ´El Vecino´, de Santiago García e Pepo Pérez, ´Extramuros´, de Santiago Valenzuela, ´Juana de Arco´, de Andrés G. Leiva, ´La Mansión de los Pampín´, de Miguelanxo Prado e ´Pl*xi*gls´, de Jali. Na categoria melhor revista, temos uma variedade de estilos: Dos Veces Breve, Mister K, Nosotros somos los Muertos, a moribunda TOS e Trama. Fechando a lista, temos os fanzines, onde BD Banda e Fanzine Enfermo nos parecem ser os mais fortes concorrentes, ao lado de Arruequen, Malavida e ¡Qué suerte!.
 
I Jornadas Comiqueras de Barcelona 
Pegando carona no Saló, várias livrarias da capital da Catalunha estão realizando sessões de autógrafos nos dias 8 e 9 de junho. Entre os autores que já estão confirmados pela SD Distribuciones, que criou o evento, teremos Horacio Altuna, Jason, Ralf König e Gilbert Shelton. Ao todo, 9 selos especializados em quadrinhos participam das ´Jornadas´
 
A Marvel pega carona no visual do mangá
A Marvel fechou um acordo com a Toy Biz pelo qual alguns dos principais heróis da editora serão transformados em uma versão de Transformers. Uma minissérie, escrita por Sean McKeever  e desenhada por Lou Kang, vai ser lançada em agosto, para reforçar a nova linha de brinquedos.
 
III Congresso Ibérico de Literatura Infantil e Juvenil 
Valencia sedia, de 27 a 30 de junho, um evento que é uma rara oportunidade para o mundo dos quadrinhos dialogar com um de seus melhores parceiros, a literatura infantil e juvenil. Com o tema ´leitura, identidades e globalização´, os organizadores pretendem que o congresso seja um for privilegiado para que ´todos os profissionais encontrem seu lugar e ampliem seus objetivos´. Um belo convite, para quem possa estar presente, e que antecipa os contornos da 2ª Feira do Livro Infantil, Juvenil & Quadrinhos de São Paulo, que acontece em agosto.
 
Disney. Assinado, Il Manifesto
O jornal Il Manifesto, que recentemente se viu no epicentro da questão da invasão do Iraque, pelo seqüestro de sua jornalista Giuliana Sgrena, e que conseguiu se sair mais que a contento no episódio, por não trair seus princípios e apresentar uma cobertura que fugiu do histrionismo corrente nos ´grandes´ meios de comunicação atualmente é protagonista de uma nova biografia de Walt Disney. Ciotta Mariuccia, uma das editoras do jornal de esquerda mais lido na Itália (e a nosso juízo, o que mais respeita a inteligência dos leitores de esquerda em toda a Europa) publicou - pelo mais que recomendável selo da Bompiani - o livro ´Walt Disney. Prima Stella a Sinistra´. A obra não é mais um registro das relações de Walter Elias Disney com os poderes da América. Apesar de fazer menção ao fato, Mariuccia desenvolve um outro viés no livro: ela prefere mostrar o Disney amigo das vanguardas artísticas e do nascente cinema de animação. Se a surpresa for acompanhada pela seriedade editorial de Il Manifesto, é uma obra que não se pode perder. Esperamos que venha a ser logo traduzida em outros idiomas. A edição da Bompiani, de 323 páginas, sai por 20 euros.
 
Mafalda no El País
Um ´detalhe´ editorial mostra o cuidado com que o jornal de maior tiragem da Espanha está cuidando de sua coleção de 35 álbuns de quadrinhos autorais. Quem escolheu as tiras para o álbum da Mafalda foi o próprio Quino. O preço, para padrões europeus, é quase uma dádiva: 2,50 euros.
 
Baltimore Comic-Con

Baltimore, a cidade das artes e cultura em Maryland, realiza sua convenção somente em setembro (nos dias 17 e 18). Mas, desde já, avisa que a tradição norte-americana das convenções de quadrinhos de permitir contatos de fãs com seus autores estará em alta, este ano: na lista já divulgada, incluem-se George Perez, Geoff Johns, Frank Cho, Adam Hughes, Howard Chaykin, Don Rosa, Scott Kurtz, Joe Linsner, Mike Wieringo, os irmãos Luna, Ron Marz, Jimmy Palmiotti, Brian Stelfreeze e Steve Conley.
 
Fête de la BD
Mais um marco na bela ousadia movida a suor da Bédéka: a revista vai publicar todo o roteiro das atividades da Fête de la BD, em 5.000 livrarias de toda a França, nesta semana de 8 de maio a 4 de junho. Mas nem tudo é festa na Fête. Um editor importante, como Hervé Desinge, da Albin Michel, disse que a editor não participa do evento pois sua concepção tende a fortalecer a reprodução em grandes números de quadrinhos que seriam ´mais do mesmo´. Opinião compartilhada, em boa mediada, por outros selos, que lançaram uma nota coletiva à imprensa: L´Association, Atrabile, Cornélius, Ego comme X, Frémok, FLBLB, Rackham, Les Requins Marteaux, 6 pieds sous Terre e Vertige Graphic acreditam que o evento foi planejado não para criar novos leitores ou despertar a curiosidade pelas novas possibilidades em curso, e sim, para vender o que está planejado que seja vendido. 
 
40 anos de Valentina
No dia 26 de maio de 1965 a revista Linus mostrava ao mundo, pela primeira vez, Valentina a antológica criação do milanês Guido Crepax, que de personagem secundária passou rapidamente à condição de um dos mais importante marcos da redefinição do papel feminino na Nona Arte. Não deixa de ser confortante para os quarentões saber que Valentina está fazendo ´só´ 40 anos. Outros ídolos femininos da geração estão batendo na casa dos 70 e mesmo 80, especialmente as atrizes de cinema. Com a diferença que Valentina não vai envelhecer nunca, Nem no papel, nem nas nossas emoções.
 
Jimmy Palmiotti, Bill Sienkiewicz e Bryan Talbot, em novo selo
Narwain é o nome de uma nova editora de quadrinhos que começa a por nas gibiterias americanas a sua produção em outubro. Entre os artistas anunciados, temos o brasileiro Wellington Dias - do Lynx Studio -, Jimmy Palmiotti, Bill Sienkiewicz e Bryan Talbot.  O primeiro título da editora, ´Free Fall´ com roteiros de Gianluca Piredda e arte de Eric J, será arte-finalizado por Jimmy Palmiotti. Um esquema mundial de lançamento, que inclui o Brasil, já foi anunciado.
 
75 quadrinhistas em Amiens
O festival Rendez-Vous de la Bande Dessinée d´Amiens 2005 (Encontro dos Quadrinhos de Amiens 2005) atualizou a lista de quadrinhistas que se farão presentes ao encontro, que acontece agora, nos dias 4 e 5 de junho. Os nomes de mais visibilidade presentes na lista são os de  Charles Berberian, Raoul Cauvin, Christian Godard, Gos, Frank Margerin, Jean-David Morvan, Michel Plessix, Jeff Pourquié, Julio Ribera e Tom Tirabosco. Mas se você não pode ir, não está de todo modo, excluído; o site oficial do evento expõe nada menos que 17 exposições de todas as suas edições, em http://bd.amiens.com/expositions/liste_expos.php?mode=3 .
 
Quadrinhos ingleses no cinema
´Button Man: the Killing Game´, álbum do inglês John Wagner (Juiz Dredd) e Arthur Ranson sobre o sadismo de milionários publicado em 1992 deve chegar às telonas em 2006. De concreto, tem-se apenas a escolha do álbum e a equipe técnica, constituída de Roger Kass e Josh Braun. O álbum tem bem o toque de independência da revista inglesa 2000AD. Nela, a dicotomia bem x mal é mais do que subvertida. Simplesmente, não há sujeitos bons, na estória.
 
Zé do Boné fica sem estátua
É incrível mas é verdade. Políticos da cidade inglesa de Hartlepool consideraram que Reg Smythe, filho da cidade, é por demais ´politicamente incorreto´ (sic) e revogaram a decisão tomada no ano passado de erigir na cidade uma estátua de Zé do Boné (Andy Capp). Segundo a douta classe política, o personagem é ´mau exemplo´, por ser dado a bebidas. Assim, os senhores edis criaram um novo parâmetro ético: mostrar a realidade com arte, que é o que Reg Smythe fez, pode ser interpretado como incentivo à delinquência. E depois, eles é que são politicamente corretos... Ainda bem que em outros condados da Grã-Bretanha o argumento não pegou, e em vários deles, as criações da Nona Arte são representadas em estátuas, painéis e muito mais.
 
Sergio Bonelli na RAI
Sergio Bonelli foi entrevistado pela RAI - a rádio - no dia 16. Para quem tem um pequeno domínio do idioma italiano, tratou-se de uma oportunidade rara para conhecer de perto a forma de pensar de um dos maiores editores de quadrinhos do mundo. Bonelli demonstrou uma bem-estudada calma; a passagem que consideramos mais ilustrativa da entrevista foi quando o editor declarou que a preocupação da editora é sempre oferecer um algo a mais de conteúdo a personagens como Tex, Zagor, Julia e Brad Barron, para que os fumetti não sejam encarados como puro passatempo.
 
Exposição de Carlos Giménez em Barcelona
De 6 de junho a 10 de julho, o ciclo ´Bemvindos a Barcelona´ estará realizando a exposição de originais ´Carlos Giménez: una Mirada Cotidiana y Social´, com curadoria de Antoni Guiral (pesquisador e autor do livro que recupera a trajetória da Bruguera e que foi transformado em exposição itinerante por vários pontos da Espanha) e Josep Gálvez. Na abertura da mostra, um encontro memorável de inteligências, em palestra de Gimenez e Guiral. A mostra é realizada pela própria prefeitura de Barcelona. 
 
Originais de milhares de euros

Depois do registro que fizemos do lançamento da Galerie Daniel Maghen como novo selo editor de bandes dessinées (no resumo da semana passada), voltamos a pesquisar sobre as atividades da galeria parisiense. Assim, descobrimos na página eletrônica da galeria uma bela galeria virtual de trabalhos à venda que ajudam a revelar um aspecto pouco difundido da Nona Arte européia no Brasil: a venda de originais (e de serigrafias) de trabalhos de desenhistas de HQs. Entre os 80 artistas que estão presentes na mostra virtual, com cartuns, artes de cartazes, crayons, bicos-de-penas e outros, citamos como exemplos Enki Bilal, Christian Godard, Zoran Janjetov, Jijé, Milo Manara, Moebius, Eddy Paape, Gradimir Smudja, Toppi e  Vatine (que o Brasil está descobrindo por meio de Aquablue), por preços que variam de 100 a 2.000 euros.   
 
X-Men e Homem-Aranha, em novos jogos
Dois novos jogos para computador foram anunciados pela Activision: Ultimate Spider-Man, no qual o Homem-Aranha se depara com Nick Fury, Electro, Venom e Rino e que foi criado pela dupla de  quadrinhistas Brian Michael Bendis e Mark Bagley. O jogo poderá ser rodado em ara PS2, Xbox, GameCube, Gameboy Advance e PC. Já X-Men Legends II: Rise of Apocalypse (para PS2, Xbox, GameCube, Playstation Portable e PC), a continuação do primeiro RPG com este nome, dará ao jogador a oportunidade de optar por times de quatro mutantes, escolhidos entre 16 personagens. X-Men Legends II já tem site oficial, que traz dicas, trailers e notícias sobre o game.
 
Uma ´enciclopédia´ de Lanfeust de Troy
Arleston Scotch e Tarquin Didier resolveram publicar uma enciclopédia do mundo mágico de seu personagem Lanfeust de Troy, que o Brasil e Portugal conheceram por meio de ´Lanfeust de Troy: o Marfim de Magohamoth´, publicado pela Devir. Com o nome de ´ Wanordelijke Encyclopedie van de Wereld van Troy´, a enciclopédia tem 78 páginas e capa dura, ao preço de 30 euros. O livro sobre Lanfeust, Hebus, Teträm e seus amigos integra a Collectie 500, da editora holandesa Talent.
 
O Fausto de Grillo
A Ediciones de la Flor, editora argentina responsável por boa parte das publicações de Liniers, Maitena e Quino (entre muitos outros) lançou um livro ilustrado por Oscar Grillo, ilustrador e colaborador dos estúdios Disney e de George Lucas, que mora na Inglaterra há 36 anos, na Feira do Livro de Buenos Aires. Trata-se de uma adaptação do livro de poemas de temática gauchesca ´Fausto´, de Estanislao del Campo, escrito em 1866. No lançamento, Grillo recebeu os abraços da ´nova´ geração através de Rep, Caloi e Liniers. O nome Fausto tem a ver sim, com a ópera: Foi em homenagem ao Fausto, de Gounod, que estreava em 1866 no Teatro Colón, que del capo batizou sua obra. O livro, com 50 ilustrações de Grillo, sai por menos de 16,50 dólares em lojas virtuais.
 
O jardim dos quadrinhos de Berlim
Entre 16 e 20 de junho, acontece o festival Berliner Comicgarten (evento cujo título poderia se traduzir como Jardim dos Quadrinhos de Berlim). Os dois aspectos mais importantes do evento - que acontece a cada dois anos, desde 1999 - são as sessões de autógrafos de alguns autores, em especial, da mais que autoral editora Reprodukt, como os suecos Max Andersson (Death & Candy) e Lars Sjunesson, coautores de ´Bosnian Flat Dog´, pelo selo de L´Association, CX Huth e Mawil, atuais nomes destaque na cena de Berlim, por estarem morando lá, e Elke Steiner, coautora de ´Die anderen Mendelssohns´ HQ publicada originalmente pela própria Reprodukt e que conta como a família Mendelssohn dominou, por 5 gerações, a vida financeira e cultural da Alemanha, e uma mostra que busca estabelecer reflexões sobre a presença judaica na trajetória dos quadrinhos. Ou melhor: sobre a ausência de debates e de registros sobre a presença da cultura judaica nas HQs.
 
Sin City 2

Durante o Festival de Cannes, o diretor do filme Sin City - Robert Rodriguez - informou que a história de Sin City a ser adaptada na sequência da atual montagem será ´A Dame to Kill for´ (A Dama Fatal´), com roteiro e arte de Frank Miller, que, não por caso, foi republicada este ano, pela Dark Horse.
 
Tsubasa em RPG e em longa
O mangá Tsubasa Chronicles, criação do estúdio Clamp que já ganhou uma versão recente em animê, vai ganhar um novo suporte: um RPG para Nintendo DS. O que se sabe, por enquanto, é que haverá uma simulação de balões na telinha do micro e que haverá uma aplicações wi-fi. Uma outra novidade é ´Tsubasa Chronicle: Tori Kago no Kuni no Himegumi´ um filme de longa-metragem que será lançado no Japão em agosto.


:: HQs NO BRASIL

Quadrinhos nos outdoors do Rio
O governo do estado do Rio começou a veicular uma campanha para incentivar o pagamento de mais uma taxa, a de incêndio. Para convencer os contribuintes, só mesmo super-heróis. Assim, bombeiros ilustrados em quadrinhos por Vítor Barbosa acabaram sendo a principal peça de convencimento criada pela Agência 3, que mostra bombeiros como heróis de HQs. Com o mote ´Ajude os super-heróis do mundo real a salvar vidas. Pague a taxa de incêndio´, a campanha,  foi parar em outdoors de todo o estado e nas páginas dos jornais de maior circulação do município do Rio.
 
Brésil en Bulles, em Lille 
Brésil en Bulles (O Brasil em Balões), é o nome da exposição que coloca o Brasil no centro da Fête de La BD, na cidade de Lille, no sul da França. De 1º a 30 de junho, estarão expostos originais de autores de vários estilos e técnicas: Samuel Casal, Eloar Guazzelli, Marcelo Lelis, Cesar Lobo, Lourenço Mutarelli, Jô Oliveira, Osvaldo Pavanelli e Marcello Quintanilha, na Biblioteca Municipal. Telefone para contato: 03-28553093.
 
Autógrafos de Myrkos
Miguel Imbiriba esteve neste sábado, dia 28, autografando exemplares do álbum Myrkos (editado pela Dargaud), na Livraria Le Mer le Moqueur, em Paris.

José Roosevelt no 3º Des Bulles dans la Ville

A cidade de Antony (na região metropolitana de Paris) realiza, pela 3ª vez, o festival Des Bulles dans la Ville, nestes dias 27 e 28 de maio. Além de uma exposição (que segue até 26 de junho), concerto musical  e projeção de filmes, como em todo bom festival francês, não poderiam faltar os encontros com autores. Além de nomes que já são bastante conhecidos do público bedeïste, como Baudouin, Morvan e Munuera, o nosso José Roosevelt se faz presente autografando os álbuns de Juanalberto.
 
Leo na Itália
A Eura publicou este mês o 4º volume do ciclo de Betelgeuse, com o título local de Le Caverne, por 7,50 euros. O Neorama dos Quadrinhos continua esperando a chance de noticiar um álbum brasileiro de Leo.
 
HQ just-in-time nos EUA
Um outro aspecto interessante do álbum ´Zombingo/(In)Version´, publicado por 4 brasileiros nos EUA: eles estão usando o sistema de impressão sob demanda da ComiXpress, sediada em New Jersey. Segundo Hector Lima, com 15 dólares é possível colocar um gibi à venda através do  site da ComiXpress. Com algum braço a mais e qualidade (como foi o caso da Zombingo), é possível furar a bolha da invisibilidade.
 
Trilha sonora de Batman Begins
O CD da trilha sonora do filme trilha sonora de Batman Begins, com 12 faixas compostas por Hans Zimmer e James Newton Howard, deve estar nas lojas brasileiras a partir de 9 de junho.
 
Quase 7

Lá de Vila Velha, Fábio Araújo Turbay (Fat) avisou que já saiu o número 7 da revista capixaba de quadrinhos, a Quase. Com tiragem de 2000 exemplares, a revista tem 44 páginas e preço de apenas 3 reais, com HQs do próprio Fat e de Juliano Enrico, Gabriel Labanca, Daniel Sarcinelli e Keka. Com um detalhe muito bem-humorado. A Quase é a única revista que assume que é fruto de uma ´panelinha´. No novo número, é apresentada a Paneliga de Artistas Capixabas Paladinos.
 
Carlos Zéfiro em especial de O Povo
Os jornais de Fortaleza continuam mostrando que oferecem mais e melhor aos seus leitores, nas artes em geral, e nos quadrinhos, em particular. Depois do Diário do Nordeste ter publicado o melhor obituário sobre Will Eisner no Brasil, O Povo publicou nada menos do que 6 artigos sobre a reedição dos ´Catecismos´ de Carlos Zéfiro por Adda di Guimarães, da banca A Cena Muda, do Rio. Na série de matérias, para além do registro muito bem feito sobre a iniciativa, O Povo abordou com detalhes o debate ´Alcides Caminha não é Carlos Zéfiro´, mostrou o trabalho de Gil Santos Caminha para manter acesa a memória do pai e resgatou a notícia de Juca Kfouri que teria revelado a identidade secreta de Carlos Zéfiro.
 
DVD de ´Meninos de Deus´ chega ao Brasil
Lançado em 2002 nos EUA, ´The Dangerous Lives of Altar Boys´, com o título de ´Meninos de Deus´, chegou à sua versão em DVD, no Brasil, depois da exibição no circuito comercial, em 2004. A história, autobiográfica, se passa na cidade de Savannah, nos anos 1970, e um dos personagens centrais, Francis Doyle, tenta fugir da rígida rotina da escola católica em que estuda se dedicando a desenhar gibis. A relação ~com as HQs vai mais além: tanto nos EUA como no Brasil, o cartaz é baseado em uma estrutura de histórias em quadrinhos e tem cenas animadas por Todd McFarlane, o criador de Spawn. 
 
Edição Quadrinhos 2
Nem bem foi lançada a revista Edição Quadrinhos #01, e seu realizador, Arthur Filho, já anuncia o que vem no segundo número: capa de Júlio Shimamoto e HQs de Edgar Franco, Márcio Sennes, Marcelo Marat e do próprio Arthur. A edição, que será publicada em breve, deverá também estar disponível no site da Nona Arte.
 
Festa otaku no Rio

Nos dias 9 e 10 de julho, acontece o Anime Family, no Rio de Janeiro, promovido pela Yamato. A principal atividade da arte do desenho será uma palestra sobre os lançamentos da ZN Editora: 4 revistas com mangás de César Gois, David Denis Lobão (mais conhecido pelo pseudônimo: Fly), Diogo Saito, Petra Leão e Walmir Archanjo.
 
Os Incríveis 2
A Abril publicou a revista Os Incríveis 2, com histórias em quadrinhos e passatempos, além de 5 imãs como brinde, ao preço de R$ 6,00
 
Jogos da Grow
A Grow lançou dois jogos baseados em personagens da Disney: Roba Monte & Cia Princesas, caixa de 6 jogos de cartas baseado nas Princesas Disney e Roba Monte & Cia Disney, com outros 6 jogos de cartas com a turma do Mickey. Ambos são para crianças na faixa de 4 anos.
 
Brasil na Comiclopedia
Mais 2 brasileiros tiveram suas biografias publicadas na Comiclopedia, a mais importante fonte de referência online sobre o assunto, em todo o mundo: Roger Cruz, desenhista de séries como X-Men, Capitão América e a mais recente, Araña, Heart of The Spider, e Ruy Jobim Neto, autor das tiras do cão Jarbas e de livros infantis.
 
Star Wars Mangá
A JBC voltou a colocar no mercado brasileiro Star Wars Mangá, versão de uma  coleção lançada em 1997, no Japão, por um time de artistas que têm - entre outros - o bom  Kia Asamiya. Cada revista da coleção tem, em média, 90 páginas e os mangás estão publicados seguindo a leitura ocidental. O primeiro dos quatro números já se encontra à venda em todo o Brasil.


:: QUADRINHOS, EDUCAÇÃO & CIDADANIA

Quadrinhos e dislexia
O Neorama dos Quadrinhos está preparando um material de fundo sobre a oportunidade do uso dos quadrinhos como apoio no tratamento de crianças disléxicas.
 
Software para criar quadrinhos em Braille
O GIES, um grupo de pesquisas da Faculdade de Informática da PUC RS (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul) desenvolve programas que utilizam a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais). Coordenado pela professora Márcia Campos, o grupo já produziu, entre outras belas contribuições, o Signhq, ferramenta que permite criar histórias em quadrinhos em Libras.
 
O grupo pretende disponibilizar - gratuitamente - as ferramentas e os manuais para download a partir do segundo semestre, através da página eletrônica http://gies.inf.pucrs.br. Para manter contato: marciabc@inf.pucrs.br .

Cebolinha e Mônica em Braille
Numa nota publicada pelo jornal O Povo, de Fortaleza, está a melhor descrição do alcance da nova iniciativa de nosso mais bem-sucedido quadrinhista: ´Regina Fátima de Oliveira é editora dos livros de Mauricio de Sousa na Fundação Dorina Nowill. Ela diz que a ´maior emoção é reparar nas crianças aprendendo a ler e a reconhecer cada integrante do grupo por meio do alto relevo´. Portanto, se você pode passar adiante esta boa nota, não esqueça: Cada número das revistas Mônica e Cebolinha em Braille custa somente 15 reais. E pode abrir luzes para muitas crianças.
 
Em Angoulême, até a diocese promove concurso de quadrinhos 
Angoulême, cidade que sedia o festival francês da Nona Arte de maior repercussão no mundo, acaba gerando várias manifestações ao longo do ano em torno dos quadrinhos. Agora, nos chega a notícia de que a diocese católica local está promovendo um concurso de quadrinhos para jovens de 18 a 28 anos com o nome ´jeunes espoirs de la BD chrétienne´ (jovens esperanças da HQ cristã). O tema é livre, e o e-mail para contato é berengere.de.charnace@edifa.com
 
A Chrétiens Médias 16, entidade que cuida das iniciativas, garante que as melhores estórias serão expostas no festival d´Angoulême em 2006
 
Votuporanga: HQs auxiliam o Projeto Água
Os educadores da EE Esmeralda Sanches da Rocha, na cidade paulista de Votuporanga, souberam utilizar bem o interesse do alunado por histórias em quadrinhos, e incentivaram seus alunos a criar HQs (além de outras atividades) dentro do Projeto Água, que integra a educação ambiental aos conteúdos programáticos de todas as disciplinas.
 
Quadrinhos contra a gravidez indesejada
A Associação dos Museólogos da Venezuela (AMUSVE) reconheceu o mérito de uma exposição que já está aberta ao público há 6 meses no Museu de Ciências da capital venezuelana, outorgando uma menção de honra a um trabalho que mostra muito bem um dos usos possíveis dos quadrinhos. Por meio de uma exposição, são mostradas as consequências físicas e sociais da gravidez entre adolescentes. A mostra também aborda métodos contraceptivos e doenças sexualmente transmissíveis, na qual os quadrinhos repetem quase o método de nosso Paulo Freire: as estórias são baseadas em situações da vida real dos jovens.
 
A história do Val d´Isère em BD
O Val d´Isère, bela região mais comumente associada ao esqui, na França, tem sua história contada em HQs. Realizada em 5 volumes pelo quadrinhista Gilbert Bouchard, ´Le Patrimoine de l´Isère en BD´ foi concluída em 2004 e mostra as riquezas humanas e culturais da região desde a pré-história. Para além das estantes e da memória dos habitantes da região, a coleção foi objeto de uma exposição, este mês, no Musée Ancien Evêché, sediado na principal cidade da região, Grenbole. A organização da mostra teve a sensibilidade de mesclar elementos da coleção de quadrinhos com a própria ambientação do museu, que é, como seu nome diz, a antiga casa dos bispos da cidade. O momento mais importante da mostra se deu em março, durante a Alpexpo, quando o evento ´Le 5 Jours de la BD´ levou à mostra nomes consagrados da Nona Arte francesa, em especial, Giroud. Para terminar o relato sobre os cuidados com a mostra, o museu realizou visitas guiadas para grupos em que era possível escolher o enfoque a ser dado. Infelizmente, a mostra se encerrou este mês.
 
Friedrich Schiller em Quadrinhos
Entre as comemorações pelos 200 anos da morte do poeta e dramaturgo Friedrich Schiller (assinaladas no dia 9 deste mês), a Nona Arte marcou presença com um álbum do quadrinhista Horus publicado pela Ehapa (sinônimo de quadrinhos bem tratados), com apoio da Sociedade Alemã Schiller: ´Schiller! Eine Comic-Novelle´. lembrando que o próprio Schiller era, à sua maneira, um apreciador da arte do desenho narrativo, previsto em algumas de suas correspondências. Segundo a resenha do Stuttgarter Zeitung, a obra não só consegue atingir o intento da Sociedade Schiller, ou seja recolocar a criação literária única de Schiller como objeto de interesse da juventude alemã como seria aplaudida pelo próprio homenageado, por conseguir utilizar bem a liberdade criadora que os quadrinhos permitem.
 
UNIVALE: extensão com quadrinhos
A UNIVALE: Universidade Vale do Rio Doce, em Governador Valadares (Minas Gerais) está oferecendo um curso de extensão na área de artes plásticas que inclui um módulo de 32 horas a cargo do professor João Marcos Parreira Mendonça. O curso total se estende de agosto a fevereiro, e a mensalidade sai por 60 reais. O público alvo, além dos artistas plásticos, são os próprios alunos, professores e funcionários da universidade.


  facebook

Por: Marko Ajdaric, responsável pelo Neorama dos Quadrinhos

 

 



Albion, de Alan Moore
 
23è Saló del Còmic de Barcelona
 
Fausto, de Oscar Grillo
Walt Disney: Prima Stella a Sinistra


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil